23/03/2016 - Apenas 12% das prefeituras têm mulheres como gestoras e Câmaras 13% no cargo de vereadoras

Apenas 12,2% dos gestores municipais são mulheres, e 13,5% ocupam cargos nas câmaras municipais como vereadoras. Nas prefeituras, em 2012 foram 681 candidatas eleitas, aumento de 33% em relação à eleição de 2008, quando foram eleitas 504 prefeitas. Isso representa 9,12% do total de candidatos às prefeituras no país. As informações são da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM).

Já nas Câmaras Municipais, entre as eleições de 2008 e 2012, o número de candidaturas femininas para os 5.568 Municípios saltou de 72.476 para 133.864, crescimento de 84,5%. No entanto, esse aumento não fez com que mais mulheres se tornassem vereadoras. Em 2008, 8,9% das concorrentes se elegeram para as câmaras municipais. Em 2012, o percentual caiu para 5,7%. Em números absolutos, são 7.782 mulheres vereadoras. Os homens, que ocupam 86,5% das vagas, somam 49.825.

Regiões

Dados da CNM apontam que a região que concentra o maior número de mulheres como chefe do poder executivo municipal é o Nordeste, com 32,2% - 295 prefeitas. Seguido pelo Sudeste com 30%- 170 prefeitas; o Sul com 21,4% - 99 gestoras; o Centro-Oeste com 8,4% - 55 prefeitas e o Norte com 8,1% - 62 gestoras. O Estado com a maior proporção de mulheres como prefeitas é Paraíba onde as mulheres representam 21,5% nas prefeituras. O Acre é o único Estado onde nenhum dos 22 Municípios é comandado por mulheres.

Congresso Nacional

No Congresso Nacional, a participação das mulheres também é baixa. No Senado, a representação feminina atualmente não chega a 15% dos cargos. Já na Câmara dos Deputados, elas ocupam apenas 10% das cadeiras.

Fonte: Agência CNM

Anexos: