11/12/2017 - Biometria: quase 50% dos municípios brasileiros terão eleitores recadastrados em 2018

Dados atualizados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelam que, até 2018, 2.698 municípios do país e nove estados completos já terão concluído o recadastramento biométrico de seus eleitores. Isso corresponde a 48,43% das cidades brasileiras. A meta da Justiça Eleitoral é habilitar 100% do eleitorado do país até o ano de 2022. Na região da Comcam, atualmente o processo vem sendo feito nas comarcas de Barbosa Ferraz e Mamborê e deverá atingir mais de 22 mil eleitores.

Até o momento, os estados de Alagoas, Amapá e Sergipe e o Distrito Federal já concluíram o recadastramento eleitoral por meio da biometria. Em 2018, Goiás, Paraíba, Piauí, Roraima e Tocantins também finalizarão os procedimentos de coleta e cadastro das impressões digitais de seus eleitores.

O Projeto da Justiça Eleitoral de Identificação Biométrica busca implantar, em âmbito nacional, a identificação e a verificação das impressões digitais para garantir que o eleitor seja único no cadastro eleitoral e para assegurar que, ao se apresentar no momento da votação, seja o mesmo que se habilitou no alistamento eleitoral.

Realizado de forma pioneira em 2008, o projeto alcançou pouco mais de 40 mil eleitores nos municípios de Colorado do Oeste (RO), São João Batista (SC) e Fátima do Sul (MS). Nas Eleições de 2016, estavam aptos a serem identificados biometricamente 46.305.957 eleitores (32,13% do eleitorado total de 144.088.912) em 1.541 municípios.

Fonte: TSE

Anexos: