10/03/2017 - Alegando preços abusivos, vereador propõe pesquisa comparativa de valores de serviços médicos

A Associação das Câmaras de Vereadores da Microrregião Doze (Acamdoze) aprovou por unanimidade, durante assembleia geral ordinária da entidade, no sábado, requerimento da Câmara Municipal de Peabiru, que propõe uma pesquisa de comparação de preços cobrados pelos mesmos serviços de saúde (exames médicos) e laboratoriais em Campo Mourão e outras cidades.

O objetivo é constatar eventuais abusos ao consumidor e denunciar o caso as autoridades competentes.  Os autores da proposta são os vereadores Alaerte Rodrigues dos Santos e Fabio Alexandro Sexugi. A sugestão é para que a pesquisa de preços seja feita em parceria com Procon, Câmaras Municipais e própria Acamdoze.

“Este levantamento prévio é muito importante para fundamentar concretamente o posicionamento oficial da Acamdoze, denunciando nos veículos de comunicação regionais e em órgãos de defesa dos direitos do consumidor eventuais abusos e distorções”, disse Santos.

O parlamentar citou como exemplo o preço pago por um exame de ecocardiograma - exame que registra os impulsos elétricos do coração. Segundo ele, o consumidor paga pelo procedimento em Campo Mourão cerca de R$ 400 enquanto em Arapangas o valor custa R$ 180, ou seja, menos da metade.

“Eu sou testemunha porque meu pai precisou deste exame em Arapongas e foi cobrado este valor. Uma semana antes minha irmã fez o mesmo exame em Campo Mourão e para surpresa foi bem mais caro (R$ 400)”, justificou o vereador. “Não quero prejudicar ninguém de Campo Mourão, mas só acho que as coisas estão muito caras”, emendou.

O vereador pediu a mobilização de todas as Câmaras da região, prefeitos, e deputados da Comcam no sentido de melhorar os serviços de saúde na região. “Infelizmente nós vimos cidades bem próximas de nós como Cascavel, Umuarama, e Maringá sendo referência em saúde, enquanto isso na nossa região está um caos. E nós vereadores mais do que ninguém sabemos disso”, sustentou.

Assessoria Acamdoze

 

Anexos: