02/04/2016 - Acamdoze lança Gibi da Transparência e premia Vereadores e Câmaras “Nota 10”

A Associação das Câmaras Municipais da Microrregião Doze (Acamdoze) fez na noite desta sexta-feira (1), durante sessão solene da entidade, no Espaço Allure, o lançamento do seu Gibi da Transparência. Na ocasião, a associação fez também a premiação dos Vereadores e Câmaras “Nota 10” e empossou o Conselho Gestor, que assumiu o lugar da atual diretoria. O evento contou com a participação dos chefes dos Núcleos Regionais da Educação de Campo Mourão, Rosimeire De Caires e de Goioerê, Adão Aristeu Ceniz; vereadores da região; entre outras autoridades locais e regionais.

Receberam o prêmio “Vereador Nota 10”, referente a 2015, os vereadores Genivaldo Ferreira (Farol); Felício Palma Junior (Peabiru); Natanael Faria (Araruna); Cristina Aparecida dos Santos (Luiziana); Nizete Aparecido da Silva (Ubiratã); Silvio Cesar Martins de Pádua (Ubiratã); Armando Marques Rufino (Luiziana); Joaquim Aparecido de Souza (Boa Esperança); Sandra da Silva Nascimento Agostinho (Mamborê); e João Costa (Farol). Já as Câmaras premiadas foram de Farol; Mamborê; e Ubiratã.

Na ocasião, o então presidente da Acamdoze, Gilson Martins (PP), vereador de Boa Esperança, elogiou os Vereadores e Câmaras “Nota 10”. Segundo ele, prêmio estimula o vereador a buscar desempenhar sua função ‘sempre da melhor maneira possível’. “Este prêmio é um incentivo para que essas pessoas continuem na política sendo exemplos para os demais”, ressaltou.

        

Conselho Gestor empossado

Já os vereadores indicados pela diretoria como membros do Conselho Gestor da Acamdoze para o exercício de 1º de abril a 31 de dezembro deste ano são Francisco Canuto de Medeiros (Fênix), e Angelo Prudêncio Britto (Peabiru). Medeiros assume o cargo de presidente, enquanto Britto foi nomeado como secretário. “Embora seja por pouco tempo, vamos dar continuidade aos trabalhos que vinham sendo desenvolvidos pela diretoria”, disse Medeiros.

 

Balanço positivo

Martins fez um balanço positivo deste um ano e quatro meses frente à presidência da Acamdoze. Segundo ele, no período, foram realizadas várias atividades buscando a capacitação de vereadores da região, como cursos, palestras, entre outros. Ele destacou também os trabalhos desenvolvidos em relação aos portais da transparência na região, buscando fomentar o acesso à ferramenta.  “Só posso dizer que cumprimos nossa missão, espero que o Conselho Gestor continue com os trabalhos. E eu na condição de vereador, continuo sempre disponível para continuar contribuindo com a Acamdoze”, falou. “Agradeço muito a toda a equipe da Acamdoze que sempre me apoiou”, emendou.

 

Para Martins, Gibi da Transparência

vai ficar para história da Acamdoze

Martins destacou ainda o lançamento do Gibi da Transparência, produzido pela Acamdoze. Ele acredita que o material, que será distribuído para escolas da região para trabalhos pedagógicos ficará para história da entidade. “Este gibi coroa todo nosso trabalho que fizemos sobre a transparência no poder público. O portal da transparência foi uma coisa que perseguimos desde o começo. Eu já falei em vários momentos que a partir de 2013, municípios com menos de 50 mil habitantes se tornou obrigado a ter essa ferramenta, mas ainda é novo para muita gente. Então pegamos isso que já é lei e ajudamos a fomentar”, comentou.

Martins destacou que o lançamento do gibi foi “especial” para ele. “Estou muito feliz com este trabalho. O lançamento deste gibi é o fechamento da minha gestão como presidente da Acamdoze com ‘chave de ouro’”, destacou. “Hoje [Sexta] tem a entrega do prêmio de Vereador de Câmara “Nota 10”, para mim, o meu prêmio está sendo este gibi. E eu divido com todos os vereadores”, emendou, Martins.

Na ocasião, o professor Adão Aristeu Ceniz, chefe do Núcleo Regional da Educação (NRE) de Goioerê, que participou do evento,  elogiou a iniciativa da Acamdoze com a edição do gibi. Ele espera um envolvimento bastante grande dos estudantes da região com os trabalhos contemplando o material. “Serão mais de 25 mil alunos da rede estadual e municipal envolvidos neste trabalho. Isso é muito importante. Em poucas palavras quero dizer parabéns a Acamdoze por esta iniciativa, pode contar conosco”, disse Ceniz.

A chefe do NRE de Campo Mourão, Rosimeire De Caires, que também prestigiou a sessão solene da Acamdoze, disse que ficou surpresa com o gibi. “Eu sempre digo que estou na educação porque acredito na educação e acredito que as pessoas ainda têm como fazer o nosso país mudar para que agente possa viver. E essa transformação que a gente espera tem que partir primeiro de nós. Hoje está partindo da Acamdoze com este gibi que é o primeiro passo de uma longa caminhada”, disse Rosimeire. Segundo ela, o trabalho com gibi não deve ser encarado apenas como uma ação a mais, mas como uma ferramenta “para o despertar de uma consciência cidadã dos estudantes” da região.

O gibi é composto por 16 páginas e traz texto de fácil compreensão. Foram rodados 10 mil exemplares que serão distribuídos em escolas da Comcam.

Assessoria Acamdoze

Anexos: