13/10/2015 - Vereador propõe audiência para discutir construção de passarela na PR-317

Uma audiência pública em Engenheiro Beltrão no próximo dia 29 vai discutir a construção de uma passarela sobre a rodovia PR- 317, trevo de acesso para Quinta do Sol. O trecho está sendo duplicado. A reunião foi solicitada pelo vereador do município Luiz Tavares Rosa (PSB), após a Câmara aprovar por unanimidade requerimento de sua autoria. O encontro será às 19 horas no plenário do Legislativo.

Além da Viapar, concessionária responsável pela administração do trecho, vão participar da audiência membros do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Paraná (DER) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Rosa justificou que a construção da passarela é uma reivindicação de mais de 20 anos dos moradores do Jardim Castelo Branco, que residem do outro lado da rodovia, mas precisam cruzar a via para chegar ao trabalho.

O vereador comentou que já houve vários atropelamentos no trecho nos últimos meses. “A construção da passarela vai garantir a segurança para os pedestres”, falou. Segundo ele, a obra vai beneficiar moradores de pelo menos quatro conjuntos habitacionais que residem do outro lado da pista. Rosa lamentou que a passarela não esteja no projeto de duplicação da via.

“Estávamos confiantes de que seria incluso, já era uma reivindicação dos moradores de quando a pista era simples, agora imagine coma duplicação”, frisou. Conforme ele, moradores do jardim Castelo Branco estão correndo risco de vida.  “É de suma importância a construção desta passarela”, ressaltou. O vereador acrescentou que alguns moradores já estão ameaçando protestar para a realização da obra no local. “Temos que evitar este tipo de desgaste reunindo a população e encontrando a melhor saída”, argumentou.

Vão participar da audiência também moradores do jardim Castelo Branco, sociedade civil, membros do Poder Executivo Municipal, Rotary Clube de Engenheiro Beltrão, Conselho de Segurança, Conselho da Comunidade, Maçonaria, Polícia Civil, Policia Militar, Ministério Público e Juiz da Comarca.

Walter Pereira/Tribuna do Interior

Anexos: