18/05/2015 - Acamdoze discute transparência na gestão pública

Assessoria Acamdoze

A Associação das Câmaras Municipais da Microrregião Doze (Acamdoze) realizou na manhã de quinta-feira (14), audiência com presidentes de Câmaras e assessores jurídicos e contábeis sobre transparência na gestão pública. O encontro foi uma espécie de reunião preparatória para a audiência pública que a entidade deve promover no final deste mês, sobre os Portais da Transparência como ferramenta de Controle Social.

Durante o encontro desta manhã, representantes e técnicos da empresa IPM-Sistemas de Gestão Pública, de Florianópolis, Santa Catarina, apresentaram programas de acompanhamento da gestão pública e repassaram orientações aos representantes dos legislativos sobre o acesso aos Portais da Transparência. A empresa já atende a vários municípios da Comcam.

Vereadores de várias Câmaras da região participaram do encontro

O presidente da Acamdoze, Gilson Martins, vereador de Boa Esperança, destacou que os portais da transparência são considerados ferramentas imprescindíveis à população para cobrar, tanto Executivo quanto o Legislativo, sobre os gastos e aplicações de recursos públicos. “A ideia é capacitar os vereadores para acessar essa ferramenta. E claro, repassar essas informações à população, que é o que mais nos interessa”, frisou

Martins comentou que em várias prefeituras da região os portais da transparência não atendem a expectativa. Segundo ele, além de informações muito genéricas, o acesso geralmente é complicado. “Nossa contribuição neste sentido é tornar transparente o que já deveria ser transparente. Tenho certeza que a Acamdoze está dando um exemplo de como se contribuir para a sociedade”, emendou, ao se referir aos eventos programados da entidade para fomentar discussões sobre Controle Social. O objetivo é fazer com que as promotorias públicas das comarcas da região e próprio Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) também participem dos debates sobre o assunto.

 

Anexos: