18/05/2015 - Após cobrança de vereadores, prefeitura de Luiziana quita dívida com Samu

Assessoria Acamdoze

Após a Câmara de Vereadores de Luiziana encaminhar requerimento, no mês passado, cobrando o prefeito Mauro Slongo (PDT), sobre a dívida do município com o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), o Executivo fez recentemente o pagamento dos débitos pendentes. O requerimento foi assinado pelos parlamentares Joaquim Pepineli de Araújo, Cristina Aparecida dos Santos e Pedro de Faria.

Os valores pendentes do município com o serviço eram de R$ 71,4 mil, sendo R$ 14,5 mil referentes a 2013; R$ 44,9 mil a 2014 e R$ 11,9 mil até fevereiro de 2015. Os débitos tinham sido divulgados pela coordenação do Consórcio Intermunicipal de Urgência e Emergência do Noroeste do Paraná (Ciuenp). Outras 10 cidades da região se encontram na mesma situação.

“Tendo em vista a relevância dos serviços prestados pelo Samu é de suma importância a regularização dos débitos”, disse a vereadora Cristina. Ela agradeceu ao município por atender a solicitação dos vereadores. “É possível os dois poderes trabalharem em harmonia e respeito. Agradecemos ao prefeito por ter entendido a nossa preocupação com o caso e sanado a dívida”, acrescentou.

 

Anexos: